Está chegando a hora de embarcar e a tarefa agora é arrumar as malas. Saiba o que levar para o Japão e também o que não levar.

Com dicas simples você pode aproveitar bem sua franquia de peso e seu espaço em cada mala e não deixar nada importante para trás.

Limite de bagagem

Com as mudanças nas normas brasileiras de aviação, que entraram em vigor a partir de 2018, a franquia de bagagem para voos internacionais passou a ser duas malas de 23 kg cada. Atenção, tem que ser realmente 23 kg em cada uma, não pode ser 20 em uma e 26 na outra, certo?

o-que-levar-ao-japao-medidas

Papéis importantes

Alguns documentos serão importantes para você no Japão, não deixe de trazer:

  • Todos os documentos que foram usados para tirar o visto, pois serão necessários nas renovações deste;
  • Passaportes antigos se tiverem registro de entrada/saída do Japão;
  • Prontuário emitido pelo DETRAN para processo de transferência da carteira de motorista;
  • Carteira de vacinação, especialmente de crianças e jovens em idade escolar;
  • Histórico escolar ou certificado de conclusão para filhos em idade escolar.

Não esqueça também que será necessário levar algum dinheiro com você para as primeiras despesas até receber seu primeiro salário. Para mais informações sobre quanto dinheiro você vai precisar acesse este link.

Remédios

Muita gente no Brasil tem o hábito de tomar remédios como Dorflex, Engov ou Sal de Fruta que são fáceis de encontrar no Brasil. Se você gosta de um remedinho deste tipo é melhor trazer algumas cartelas, mas sem excesso ou pode haver problemas na alfândega.

Caso tome remédios controlados não deixe de levar o suficiente para, pelo menos, dois meses, assim você terá tempo de procurar um novo médico após chegar no Japão. É essencial trazer também a receita médica pois pode ser solicitada na alfândega.

o-que-levar-ao-japao-mala

Roupas e sapatos

Duas dicas simples, a primeira é trazer itens que você realmente vai usar e de preferência peças que você já tem no guarda-roupa. Pense duas vezes antes de comprar roupas para a viagem. Caso precise de peças novas, traga o dinheiro para comprar aqui no Japão, onde você vai encontrar novidades que não existem no Brasil e itens de marcas internacionais.

Uma exceção são os casos de manequins maiores. Se você usa peças de tamanho grande, o melhor será trazer uma reserva de roupas, pois no Japão a numeração é bem pequena se comparada à do Brasil. Existem lojas com numeração maior, principalmente de roupas importadas, mas até encontrar as melhores opções é melhor prevenir. O mesmo se aplica aos sapatos, numerações muito grandes não são fáceis de achar.

Porém, se você veste manequim bem pequeno e tem dificuldades de encontrar roupas e sapatos no Brasil, saiba que no Japão você estará no céu! Não faltam opções de tamanhos menores e sem a necessidade de ajuste de manga ou barra das calças.

Roupas de frio

Se você mora em uma região fria do Brasil, e tem roupas de inverno, pode trazer o que tiver. No Japão faz bastante frio e em muitas cidades neva. Mas caso não tenha roupas de frio deixe para comprar aqui, você vai encontrar mais variedade e itens adequados para temperaturas realmente baixas.

As lojas de produtos usados são muito comuns no Japão e oferecem boas opções na hora de comprar casacos e acessórios de frio, além disso não pesam no bolso.

o-que-levar-ao-japao-cheia

Roupas de noite

Se você tem o hábito de sair à noite com muita frequência, é bom saber que é bem provável que sua vida social no Japão seja mais calma. Isso não significa que você precisa ficar em casa o tempo todo, mas você não precisa trazer um guarda-roupa inteiro de balada. A dificuldade de uma vida social agitada se deve ao ritmo de trabalho puxado e o fato de as folgas não serem sempre nos finais de semana. Além disso nas cidades menores não há muita opção de casas noturnas ou bares e talvez seja preciso fazer uma pequena viagem para encontrar uma balada.

Para as meninas uns três ou quatro looks, mesclando vestidos e saia/short resolvem seu problema, pelo menos no começo. É bom pensar em uma opção com calça ou meias de inverno para as épocas mais frias. Você vai precisar também de um ou dois sapatos de sair. Para os meninos duas calças e quatro camisas/camisetas mais arrumadas são suficientes, além de um sapato e um tênis.

E mesmo se você fizer questão de usar moda brasileira, não tenha medo de ficar sem roupas novas, temos lojas de com roupas e sapatos de primeira linha por aqui, tudo direto do Brasil.

Produtos de higiene

Mais uma vez: sem exagero. Traga o suficiente para cerca de quinze dias a um mês, como 1 ou 2 sabonetes, um conjunto de shampoo e condicionador, 1 hidratante e seus produtos de uso diário.

Depois de um tempo, você vai saber onde encontrar o que precisa e descobrir o que lhe agrada mais. Se tem um produto especial que você gosta muito, então traga mais, por exemplo, um creme de pentear ou pós-barba.

Se há um item que aconselho trazer do Brasil é desodorante. Muitos brasileiros não se adaptam com os produtos japoneses por achar que não tem um bom efeito.

Utensílios de cozinha

Aqui encontramos bons produtos de cozinha e os preços são justos, a maioria dos utensílios pode ser encontrada em lojas de ¥100.

Alguns itens mais característicos do Brasil podem fazer falta, no meu caso senti falta de poucos itens como colher de pau, pilão de alho e também faquinhas de serra da Tramontina, mas há produtos similares e é possível se adaptar sem problemas.

Mas uma coisa que vale a pena trazer é sua panela de pressão. Aqui também tem, mas o valor é salgado. Os preços são a partir de ¥5000 (R$ 170), mas as melhores custam o triplo disso ou mais.

o-que-levar-ao-japao-esteira

Alimentos

Este item é para o caso de você ter espaço e peso disponíveis na mala.  Lembre-se que aqui há mercados de produtos brasileiros e mesmo que não exista um na sua cidade, há sites de vendas online que entregam em todo o Japão.

Talvez seja uma boa ideia trazer um ou dois kg de arroz, um pacote de feijão e um de café, mas fora isso aproveite o espaço para trazer algo que você não vai encontrar aqui, talvez algum produto regional ou sua guloseima preferida.

Para decidir o que deve levar pode ser útil saber mais sobre o custo de vida no Japão. Você pode encontrar informações em nosso post sobre o assunto ou acessar nosso vídeo clicando aqui.

Para terminar vale uma dica especial para as meninas

Uma dica especial para mulheres: tragam lingerie! A menos que você tenha o biotipo das japonesas e goste de calcinhas maiores, você terá problemas para encontrar roupa íntima por aqui. Os modelos são diferentes dos que encontramos no Brasil e a maioria das brasileiras não se adapta.

A mesma dica se estende para roupas de banho, encontrar um biquíni que nos agrade por aqui é tarefa complicada. É bom trazer pelo menos dois para não ter problemas.

Se você gosta daqueles biquínis muito cavados é bom trazer também uma opção mais comportada, pois dependendo do ambiente onde estiver, principalmente se houver poucos estrangeiros, pode ser mais adequado usar uma peça um pouco maior.

E já que o assunto é biquíni vou terminar com uma dica de praia: não esqueça de trazer um ou dois pares de havaianas e sua canga de praia.

Fonte: E-book “Partiu Japão para Descendentes” para baixar o E-book clique aqui.

error: Conteúdo Protegido. Agência Haru.
× Sou descendente e quero conversar com a Haru