Quem chega ao Japão para trabalhar provavelmente vai encontrar em seu novo apartamento poucos itens, indispensáveis para os primeiros dias, como geladeira, máquina de lavar, fogão e futon.

Fora alguns itens trazidos do Brasil na mala, todo o restante, necessário para viver com um mínimo de conforto, deverá ser comprado, mesmo que seja aos poucos.

Em geral os recém-chegados não costumam ter dinheiro disponível para simplesmente sair às compras e montar a casa inteira, por isso algumas dicas podem ajudar no começo.

1- Lojas de usados

As lojas de artigos de segunda mão são fáceis de encontrar por todo Japão, mesmo cidades pequenas costumam oferecer esta opção.

Para descobrir onde estão as lojas você pode perguntar aos colegas do trabalho e até mesmo na própria empreiteira, muitos brasileiros são fãs destas lojas e poderão ajudar.

Outra opção é pesquisar no navegador do celular, como o Google Maps por exemplo a palavra recycle, que significa reciclar em inglês e é usada pelos japoneses para se referir a lojas de produtos usados. Você também pode usar a escrita em japonês リサイクル para facilitar a busca.

Montar-casa-no-japao-second

Caso esteja indo sem indicação, é bom pesquisar a loja na Internet pois há lojas de usados que oferecem somente itens como roupas, acessórios, games ou livros.

Existem redes de lojas que estão presentes em diversas regiões do Japão e pode ter uma loja perto de você, como 2nd Street, Sun Step, House Off.

Algumas lojas oferecem também móveis de ponta de estoque, ou seja, peças novas que não foram vendidas nas lojas convencionais. Os itens de ponta de estoque podem ser peças de mostruário ou apresentar pequenos defeitos, mas muitas vezes estão em perfeito estado mas com valor muito mais baixo.

Entrega

Nas primeiras compras que for fazer, logo que chegar ao Japão, é provável que não haja um carro disponível para transportar suas novas aquisições, mas é possível contornar esta situação.

Uma boa opção é pedir a um colega de trabalho que faça o favor de te dar uma carona até a loja e trazer suas compras. Outra maneira é chegar até a loja de trem ou bicicleta e utilizar o serviço de entrega da loja.

As lojas oferecem serviço de entrega, que costumam custar cerca de ¥ 2.000, ou aproximadamente R$ 60 por item de grande porte. Para agendar a entrega será preciso saber algumas palavras em japonês, mas nada muito complicado.

2- Facebook

A Internet e as redes sociais mudaram as relações comerciais em muitos seguimentos, na venda de artigos usados não foi diferente.

No Japão existem diversos grupos de classificados no Facebook, de acordo com cada região, e é possível encontrar ótimas ofertas para mobiliar sua casa nova.

Nos grupos do Facebook muita gente também oferece doações de móveis, eletrodomésticos e artigos para casa. É bom conferir, você pode dar sorte e acabar encontrando aquilo que precisa sem precisar botar a mão no bolso.

Montar-casa-no-japao-facebook

https://www.facebook.com/groups/classificados.de.fukui/

https://www.facebook.com/groups/classificados.de.izumo/

https://www.facebook.com/groups/classificados.de.shiga/

3- Novinho em folha

Mesmo sabendo que vai gastar mais, há quem queira tudo novo na hora de mobiliar a casa. Para aqueles que escolhem comprar móveis 0 km também há opções de lojas com preços mais acessíveis, portanto vale a pena pesquisar.

A Nitori é uma rede de lojas de móveis e artigos para o lar que certamente merece uma visita. As lojas estão presentes em diversas cidades do Japão e oferecem qualidade, bom gosto e preço atrativo quando comparado com outras lojas de decoração.

Montar-casa-no-japao-nitori

Outro destaque, quando os assuntos são móveis e decoração, é a IKEA, que conta com dez lojas espalhadas pelo arquipélago japonês. As principais lojas estão em Tóquio, Osaka e Nagoya. A gigante rede sueca consegue unir design moderno, beleza e bons preços.

Montar-casa-no-japao-ikea

A medida do conforto

Existem opiniões bem divergentes quando o assunto é mobiliar a casa no Japão. Cada um saberá escolher qual é a medida do seu próprio conforto.

Há quem prefira esperar uma sobra no orçamento e comprar itens de qualidade mais alta e mais duráveis. Outros querem gastar o mínimo possível com a casa para guardar dinheiro mais depressa. Já tem aqueles que preferem comprar algo mais em conta do primeiro momento e trocar por produtos melhores no futuro. E você, qual é a sua praia?

Caso esteja vindo e quer tirar as últimas dúvidas, não deixe de baixar nosso ebook PARTIU JAPÃO.

trabalho-no-japao-ebook

error: Conteúdo Protegido. Agência Haru.